19 de julho de 2010

Confissões Cinzentas

Que seja um ponto final, mas nunca uma porção de reticências.

      Não quero mais mentiras sinceras e, muito menos, as palavras sem noção alguma que saiem da sua boca. E, se não saiem, eu peço que apenas deixe transparecer o quanto sou essencial por aqui, pois eu já não sei se quero continuar com tudo isto... Não sei nomear o que somos, pois não sei se somos ou se chegaremos ao "ser" da questão.
      Tenho medo de desistir, de ser impaciente, de ser imprudente ao tentar ditar palavras para que entenda a raiva, a dor, o sofrimento...
      Costumo ter meus momentos de fraqueza, mas será que você sabe disso? Será que você suspeita das coisas que escrevo? Suspeita da minha impaciência? Será que você suspeita que minha saúde mental está abalada? São muitas perguntas e, como eu já disse, eu preciso de algumas respostas para poder seguir em frente.


      

4 comentários:

Monique Premazzi disse...

As vezes, só precisamos de um pouco de demonstração. Ninguém vive tentando adivinhar o quanto significa pra alguém, esse alguém tem que fazer alguma coisa tambem. Adorei *-*

p.s: Te adicionei no orkut *-* E claro que te ajudo com o layout, só que eu não entendo muito não KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

xx

bibis disse...

Se eu te falar que esse post encheu meus olhos de lágrimas tu acredita? ;-;

wooon ficou tão perfeito!

Mariana . disse...

Adorei, de verdade.
Achei super fofo o layout. *-*
Seguindo aqui flor. Segue também? :)

www.nafaltadoquefalar.blogspot.com ♥

V-CHAN :3 disse...

gostei dos seus textos, fotos, etc . Seguindo :** . siga também: sobrasdojantar.blogspot.com

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo