1 de março de 2010

Um capítulo à mais...

Parte 1
Não me recordo muito bem, mas era uma Terça-feira chuvosa e inquieta demais para mim. Eu, como sempre, tinha em mãos o frio, o medo e um rádio de bolso com a bateria quase gasta. Frustrante, não?

Eu estava confortada com meus passos, e meu coração não acelerava mais por qualquer bobagem. Eu tinha a plena certeza de que os dias em casa haviam me feito um alguém mais forte e centrado.
Os caras do colégio só estavam por perto por estar, mas eu não ignorava o fato de que quase todos tinha facilidade de me fazer dar algumas risadas, mesmo que sem ânimo, afinal, eram risadas e não um sorriso.

Meus dias eram longos e sem nenhuma paixão de estar presente e viva em qualquer canto que fosse. Eu estava desmotivada, mas ainda viva e pronta pra continuar. Eu estava firme aos compromissos aos quais eu estava submetida. Qualquer coisa era qualquer coisa, mas isso não me dava o motivo de ser desagradável com ninguém. Mesmo que fosse instantâneo e sem querer...

Os dias passam e eu chego ao fim do dia com um meio sorriso quase convincente. Meras músicas me aninam ou, simplesmente, me afundam em minha própria cama. Eu não posso esquecer a dor, mas durmo rezando para que o fato de eu estar convencida dos tais meios sorrisos seja um motivo para ela me deixar em paz.


Não me diga do que precisar. Eu nunca precisei de ninguém.
xxx

6 comentários:

Alison Silva disse...

monotonia, és uma mierda mesmo u_u

Thaís disse...

''Meus dias eram longos e sem nenhuma paixão de estar presente e viva em qualquer canto que fosse. Eu estava desmotivada, mas ainda viva e pronta pra continuar. Eu estava firme aos compromissos aos quais eu estava submetida.''

Belo!

bibis disse...

lindo *-*

tamara furlan disse...

voce é muito boa! *-*

tamara furlan disse...

estou seguindo, adorei o blog ! se puder > http://liveonfascination.blogspot.com/ <33

Patrícia disse...

Ai que lindo! Adorei o texto! Monotomia é um saaaco.

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo