28 de maio de 2014

deve ser isso o amor


Devo ter perdido horas, noites e até neurônios e até agora, começo da madrugada, quando as pessoas normalmente dormem, trocam mensagens secretas ou tentam terminar um trabalho da faculdade, não achei resposta nenhuma para a maioria das minhas perguntas. Vocês sabem: praticamente todas sobre amor, amar, ter um amor e ser amada. Pelo menos duas dessas são difíceis, mas são quase duas da manhã e nobody said it was easy

O que sei é que as pessoas ficam juntas, independente se ele ronca ou ela canta mal. Tudo se resolve desde que ambos consigam dormir um do lado do outro sem ter vontade de acordar no meio da noite, sair e nunca mais voltar. Simplesmente desaparecer, sem dizer "tchau, você fede" ou "valeu, não é pra mim". Ou seja, se você gosta de uma pessoa, mesmo que às vezes ela queira te fazer gritar, talvez seja amor e parabéns: você ama alguém além dos seus pais.

Mesmo assim, ainda fico confusa. E se eu for paciente demais? E se eu tiver medo de dizer que a pessoa é um verdadeiro pé no meu saco que nem existe? E se eu for uma chata que escolhe demais? Vejo tantas meninas de catorze anos falando sobre amor e, nossa como amam: ser humilhadas por pessoas que não sabem da existência das próprias. 

Faltou amor próprio nas últimas linhas do último parágrafo.

Mas tá aí: até onde sei, o amor não prejudica. Então, desde que a pessoa não me  faça mal e eu não faça mal a esta pessoa, tudo bem. Tudo ótimo. Eu tenho defeitos, todo mundo tem. Precisamos conviver com os nossos todos os dias desde o cabelo desgrenhado das seis da manhã até o reboco de maquiagem pós faculdade, trabalho e patrão sem educação da madrugada. Sendo assim, respeitar e conviver com alguém que tem defeitos, mas não tem nosso DNA, é a maior prova de amor que existe.

Não somos obrigados, mas amamos e somos gratos por sermos amados.

Amor deve ser isso aí, ou aquilo que vejo em casais de mãos dadas que até hoje não vi em mim. Deve ser ficar mais bonita, mais cheirosa e disposta só de saber que ele te mandou uma mensagem dizendo que é pra você vestir vermelho e escolher um restaurante. Ou talvez, deva ser ouvir "Cobertor" da Anitta e não sentir nenhum pingo de vergonha por isso.

O amor deve ser você, e eu ainda não percebi.

6 comentários:

Aline Sousa disse...

Exatamente, como me sinto. Se superando sempre. Parabéns Thaís.

Larissa disse...

Nossa, eu sou dessas que me entrego fácil a uma paixão... um amor que só existe em meus pensamentos, mas não me arrependo sabe... recentemente descobri que estamos no mundo para deixar um pouco de nós para cada pessoa.

Beijão, Larissa Ramalho mateimeuprincipe.blogspot.com.br

Isabelle Bissoli disse...

Lindas palavras, amor é algo que pode durar para sempre ou só um final de semana, acho que amor é a coisa que nunca terá explicações logicas
Sigo de volta
http://surejustnot.blogspot.com.br/

Carol Soledade disse...

Meu pai sempre me disse uma frase que, mesmo nova, já percebi que é a maior verdade: "Se alguém te pergunta se você ama fulano e você responde rápido e consegue dormir sem ficar cogitando isso a madrugada inteira, parabéns, você ama".

thesoledade.com

Clarine Ramos disse...

Ótimo texto, adorei <3

Antes de ler o texto, eu li a sua descrição ali do ladinho que me chamou bastante atenção: eu também tranquei a faculdade de PP e tenho 20 anos (: haha

bjs

@Izycastelano disse...

Esse texto é tão.. <3333333

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo